Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/11/20 às 19h55 - Atualizado em 12/11/20 às 19h55

Cooperativa assina contrato para a entrega de leite para o Banco de Alimentos

COMPARTILHAR

 

A Secretaria de Agricultura do Distrito Federal (Seagri-DF) realizou a assinatura, nesta quinta-feira, do contrato com a cooperativa vencedora da Chamada Pública para a Aquisição Direta de Leite Pasteurizado Integral, para fomento à comercialização de produtos da agricultura familiar e promoção da segurança alimentar e nutricional.

 

A cooperativa vencedora foi a Coopindaiá que, até o final do ano, deverá entregar cerca de 118 mil litros de leite para organizações sociais que deverão distribuir para famílias em vulnerabilidade nutricional. No total, cerca de 150 famílias serão beneficiadas com a venda do leite. “É uma ação muito boa que, além de a gente poder fazer nossas vendas, vai trazer, para as pessoas que necessitam, um alimento de qualidade”, afirmou o presidente da Cooperativa, Luciano Andrade.

 

Ele explicou que por causa dos efeitos da pandemia, muitas famílias de agricultores tiveram muitas dificuldades para vender seus produtos e que esse tipo de ação por parte do governo é muito importante. “Em tempos de pandemia, a nossa comercialização caiu em torno de 40%. Então, isso vem abrir mais uma janela de venda para nós. Isso vem ajudar nosso pequeno agricultor a ter uma renda a mais lá no campo”, ressaltou Luciano.

 

Segundo o subsecretário de Políticas Sociais Rurais, Abastecimento e Comercialização (SPAC), João Pires da Silva Filho, os recursos são frutos de emenda parlamentar do deputado Fernando Fernandes (PROS). “Trata-se de uma emenda parlamentar que viabilizou a aquisição de cento e dezoito mil litros de leite, a serem distribuídos à entidades filantrópicas. Essa demanda surgiu da dificuldade em que o enfrentamento das questões ligadas ao abastecimento é urgente e, obviamente, o apoio ao segmento dos produtores, que também é muito urgente dado o momento que nós estamos vivenciando por conta da pandemia”, ressaltou Pires.

 

O diretor de compras institucionais da Seagri, Lucio Flávio, explicou que esse processo é muito importante para a agricultura familiar, porque ele fomenta o desenvolvimento socioeconômico desses agricultores. “A gente vai entregar uma boa parte desse leite no Mesa Brasil e outra parte no Banco de Alimentos de Brasília”, afirmou.

 

Ascom Seagri-DF