Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/06/20 às 18h01 - Atualizado em 29/06/20 às 18h04

Feira drive-thru atrai consumidores em busca de compra segura

COMPARTILHAR

 

Neste último sábado (27), foi realizada a primeira Feira Segura, aqui no Distrito Federal, mais precisamente no estacionamento 12 do Parque da Cidade. A feira, em sistema de drive-thru, é uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Distrito Federal (Senar-DF), da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e da Federação da Agricultura e Pecuária do Distrito Federal (Fape-DF) com o apoio da Secretaria da Agricultura (Seagri/DF). A Feira teve o objetivo de comercializar os produtos da agricultura familiar, que movimenta boa parte da produção da capital federal, em meio à pandemia da Covid-19.

 

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, marcou presença no evento e falou sobre a importância dessa nova modalidade de comercialização em tempos de pandemia. “Através do drive-thru você dá as condições de as pessoas não estarem juntas, dá segurança, traz o produtor, que precisa produzir e vender, de volta. Enfim, acho a ideia magnífica e, dando certo, nós vamos poder replicar isso para todo o Brasil”, declarou a ministra de Estado.

 

O secretário de Agricultura, Candido Teles, também esteve presente na Feira e comentou sobre a nova estratégia para movimentar a produção agrícola com os devidos cuidados em relação à Covid-19. “É muito importante essa Feira pela questão da segurança. Aqui todos os produtos estão embalados adequadamente, não precisa sair do carro, não precisa pegar em dinheiro. Obviamente que tem todo o apoio da Secretaria. A gente agradece o Senar-DF por essa iniciativa”, comentou o secretário.

 

Kelly Cristina, superintendente do Senar-DF, falou sobre o surgimento da iniciativa. “Essa ideia surgiu no mês de maio, onde houve a proposta, em função da pandemia e do Decreto do nosso Governador, visando a segurança dos produtores rurais de suspender as feiras livres. Então, a produção já estava na fazenda, e não tinha como o produtor armazenar os produtos perecíveis. Pensando em apoiar o produtor rural e fazer uma sistemática que combinasse a parte da comercialização, a CNA e o Senar-DF criaram essa modalidade para não desassistir o consumidor”, explicou Kelly.

 

Produtores apoiam a iniciativa

 

Mariane Ramos da Silva, produtora rural de Planaltina-DF, que produz folhagens, pimentão, pepino, maxixe, quiabo, entre outros produtos, aprovou a iniciativa da Feira Segura. Segundo ela, a iniciativa mostra que as instituições não esqueceram o produtor rural em meio à pandemia. “Eu achei muito bacana. Isso é para mostrar que se importam com o produtor rural, porque nós fomos muito afetados nessa época, principalmente, quando as feiras fecharam e muitos produtos acabaram estragando. Creio que esse projeto, com apoio dos órgãos idealizadores, tem tudo para dar certo”, afirmou Mariane.

 

 

Veja também:

GDF começa a adquirir mais 85 mil cestas verdes da agricultura familiar

Secretaria de Educação assina contrato com agricultores familiares

 

 

(Da direita para esquerda) O presidente da Fape-DF, Fernando Ribeiro; o secretário de Agricultura do DF, Candido Teles e o secretário executivo de Agricultura, Luciano Mendes, visitam a Feira e conversam com produtores.

 

Ministra Tereza Cristina visita Feira Segura.

 

Quem visitou a Feira teve a oportunidade de comprar diversos produtos da agricultura familiar.