Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/01/21 às 18h22 - Atualizado em 25/01/21 às 18h22

Secretário de Agricultura conhece granja modelo na criação de suínos

COMPARTILHAR

 

O secretário de Agricultura, Cândido Teles, e o secretário-executivo de Agricultura, Luciano Mendes, acompanhados do subsecretário de Regularização Fundiária, Diogo de Paula, e do diretor de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal e Animal (Dipova), Marco Antônio Martins, realizaram nesta sexta-feira (22), uma visita à Fazenda Miunça, na região do Programa de Assentamento Dirigido do Distrito Federal (PAD-DF). O local é referência na criação de suínos utilizando a técnica de bem-estar animal e Boas Práticas Agropecuárias, este último, inclusive, com acompanhamento da Secretaria de Agricultura.

 

Também estava presente na visita, o presidente da Centrais de Abastecimento (Ceasa-DF), Sebastião Márcio, onde foram recebidos pelos proprietários, Alexandre Cenci e seu pai, Juvenil Cenci. Durante a visita, eles tiveram a oportunidade de conhecer um pouco da história dos produtores e as atividades realizadas na fazenda que, além da granja de suínos, tem atividades agrícolas e de pecuária bovina e ovina.

 

Na oportunidade, o secretário de Agricultura aproveitou para entregar o título de Concessão de Direito de Uso (CDU) aos proprietários, dando continuidade à política de regularização fundiária no Distrito Federal e garantindo segurança jurídica aos proprietários de terras do DF.

 

“Hoje nós estamos aqui na fazenda do Alexandre e de seu pai, onde nós entregamos a CDU.

Tive a oportunidade de conhecer aqui toda uma cadeia da produção de suínos, ovinos e bovinos, além da produção de grãos. São sonhos realizados. Essa família chegou aqui na década de 1970 e esperaram esse tempo todo e agora estão recebendo seu título de regularização. Tenho certeza que no futuro eles vão receber seu documento definitivo dessa área, que é o desejo de todas as pessoas que moram no campo”, ressaltou o secretário de Agricultura, Candido Teles.

 

O proprietário da Fazenda Miunça, Alexandre Cenci, lembrou que o produtor rural é responsável por frear o uso irregular do solo e da grilagem de terras no DF, além de garantir o bem-estar dos moradores das cidades. “Receber a CDU e, posteriormente, a CDRU, para nós, representa o fechamento de um ciclo que começou no final da década de 1970 com o convite para nossa família vir para o PAD-DF. Com coragem, com emprego, com força de trabalho e empreendedorismo, acreditando em Brasília e na agropecuária e ao longo desses 40 anos gerando emprego e renda. Poder receber esse título vai nos trazer segurança jurídica e paz no campo e, através dela, nos encorajar a criar uma situação mais favorável para o agronegócio do DF, continuar crescendo e contribuindo com a área urbana de Brasília, porque daqui que sai o alimento, é aqui que nós preservamos o meio ambiente, além de sermos produtores de água”, afirmou Cenci.

 

Ascom Seagri DF

Leia também...