Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/08/21 às 16h10 - Atualizado em 27/08/21 às 16h10

Portarias estabelecem procedimentos de gestão para arquivos da Seagri

COMPARTILHAR

Foram publicadas nesta sexta-feira (27), no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), as Portarias nº 59 e 60 de 25 de agosto de 2021. A primeira institui a Política de Gestão Arquivística e a segunda estabelece procedimentos padronizados de gestão dos arquivos, com vistas à destinação dos documentos da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural do Distrito Federal (Seagri-DF).

 

O objetivo é possibilitar a recuperação da informação e o acesso ao patrimônio arquivístico e assegurar a proteção e a preservação da documentação da Seagri como elemento de apoio à administração, à história e à cultura, além de apoiar e estimular a gestão documental.

 

Segundo o gerente de Atendimento ao Público, Protocolo e Documentação da Seagri, Marcus Vinicius Thomé Arruda, as duas portarias são importantes para organizar a gestão de documentos. Ele explicou que são portarias inovadoras e que antes não existia essa gestão. “Poucos órgãos do GDF têm políticas de gestão de documentos e de procedimentos para o arquivamento de processos. A primeira aborda de maneira mais geral e explicativa, já a segunda portaria, trata especificamente de como os setores têm que tratar os seus arquivos. Além de ser uma obrigação legal a gestão de arquivos”, explicou.

 

Documento mostra criação da Fundação Zoobotânica

 

A história da agricultura do Distrito Federal passa pela criação da Fundação Zoobotânica de Brasília, que depois foi incorporada à Secretaria de Agricultura. Durante o trabalho de recuperação e de buscas de documentos para serem classificados, foi descoberto o registro em cartório de 1961, que mostra a criação da Fundação, onde teve início as políticas públicas para a produção agropecuária do DF.

“O arquivo mais antigo que nós tínhamos era de 1965, até encontrarmos a certidão de nascimento, o registro em cartório da Fundação Zoobotânica, que data de 1961. O documento está relativamente bem conservado. Além de registrar a história da criação da Fundação Zoobotânica, e posteriormente, da Secretaria de Agricultura, faz parte da história da agricultura do Distrito Federal. São documentos de valor e caráter históricos e, por isso, vão para o Arquivo Público do Distrito Federal”, ressaltou Marcus.

 

Clique aqui para mais informações acessando o DODF