Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/06/21 às 9h36 - Atualizado em 2/06/21 às 9h41

Prorrogada a campanha de vacinação contra febre aftosa no Distrito Federal

COMPARTILHAR

 

 

A campanha de vacinação contra febre aftosa foi prorrogada no Distrito Federal. O prazo de compra da vacina e imunização dos animais foi estendido até o dia 12 de junho. Nesta etapa da campanha os bovinos e bubalinos de todas as idades devem ser imunizados. Já a declaração da vacinação foi ampliada até o dia 18 deste mês, devendo ser realizada de forma on-line, pelo Sidagro Produtor, ou de forma presencial, em um dos locais de atendimento da Defesa Agropecuária da Secretaria de Agricultura do Distrito Federal (Seagri-DF).

 

Segundo a subsecretária de Defesa Agropecuária da Seagri-DF, Danielle Araújo, essa medida foi necessária em função da continuidade do cenário pandêmico. “A necessidade de isolamento social e o receio dos produtores em se deslocar às revendedoras, mesmo com todas as medidas implementadas pelos estabelecimentos para evitar aglomerações, acabaram refletindo negativamente nos índices de vacinação dos animais. A prorrogação dos prazos da campanha objetiva garantir o alcance das metas de cobertura vacinal dos animais e diminuir a inadimplência”, esclareceu a subsecretária.

 

A gerente de Saúde Animal da Seagri-DF, Janaína Licurgo, ressalta que os produtores podem procurar a Seagri-DF para mais informações relacionadas à campanha de vacinação. “Os canais de atendimento da Defesa Agropecuária estão abertos aos produtores para esclarecimentos. E a declaração da vacinação pode ser feita de forma segura e rápida por meio do Sidagro Produtor, disponível no site da Seagri, ou presencialmente, com adoção de todas as medidas de segurança preconizadas para controle da pandemia”.

 

“O alcance de uma cobertura vacinal satisfatória do rebanho é essencial para a consolidação da condição sanitária de livre de febre aftosa conquistada pelo Brasil e para o fortalecimento da pecuária local e nacional, assegurando a competitividade dos produtos pecuários no mercado. Por isso, é fundamental que todos os produtores façam a sua parte e vacinem os animais dentro do prazo”, destacou a subsecretária de Defesa Agropecuária.

 

Confira abaixo os canais de atendimento da Defesa Agropecuária da Seagri-DF:

 

 

 

 

Texto e imagens: Ascom Seagri-DF